Botão para fazer donativos

Canal da Mancha

"Eu nado para garantir o futuro das nossas 172 crianças."

Maria atravessa a nado o Canal da Mancha para alimentar a Fundação Maria Cristina

A Maria da Conceição já correu distâncias e subiu alturas inimagináveis para angariar fundos, com o objetivo de garantir os estudos e formação futura das crianças carenciadas da favela Gawair, em Daca, no Bangladesh.

Ela arriscou ficar queimada pelo frio do Pólo Norte, escalou o Monte Evereste, correu o suficiente para ganhar 6 Recordes Mundiais do Guiness e alcançou feitos muito além do que ela pensou ser alguma vez capaz, surpreendendo desportistas experientes com o seu progresso rápido, foco e determinação.

Agora, a Maria da Conceição vai-se submeter a um desafio ainda maior, sendo considerado, pela própria, como o seu mais duro desafio de sempre. Todos estes feitos visam a angariação de fundos que ajudarão a manter, atualmente, 172 crianças a cargo da Fundação Maria Cristina.

De realçar que a Maria da Conceição, aprendeu a nadar há pouco mais de um ano, e procura atingir um novo marco (se o tempo permitir) naquele que é considerado um dos desafios mais difíceis do mundo: a travessia do Canal da Mancha – 34 km em águas abertas, a uma temperatura de 15ºC, lutando contra a hipotermia, alforrecas e as correntes marítimas.

No decorrer do dia 27 de Agosto de 2016 iremos publicar atualizações, nesta página, sobre o percurso que a Maria da Conceição irá fazer, assim como, uma transmissão ao vivo, para que possa acompanhar a par e passo todas as braçadas que esta Portuguesa dará para chegar a França.

Mantenha-se ligada/o ao nosso site onde teremos novas atualizações, muito brevemente.

Veja o que os especialistas têm a dizer sobre a tentativa da Maria atravessar a nado o Canal da Mancha

Tudo sobre como Atravessar a Nado o Canal da Mancha

Atravessar a nado o Canal da Mancha é considerado um dos mais difíceis desafios desportivos do mundo. O fato de haver um maior número de pessoas a alcançar o cume do Monte Evereste evidencia a dureza desta prova do Canal da Mancha.

A prova consiste em muito mais do que, simplesmente, nadar. É um desafio, acima de tudo, de grande resistência mental. A Maria terá que nadar aproximadamente 18-24 horas, com uma temperatura de água na ordem dos 15-18ºC, o que a coloca em sério risco de hipotermia.

Além disso, o Canal da Mancha é uma das mais movimentadas rotas marítimas da Europa, por isso a Maria terá que lutar contra ondas e correntes. Há também a ameaça de ser picada por alforrecas, uma das principais razões para muitas desistências no decorrer da travessia do canal.

A Maria da Conceição será acompanhada por um barco de pesca durante todo o percurso. No entanto, está impedida de tocar no barco, pois daí pode resultar a sua desqualificação imediata. A tripulação do barco, no decorrer da travessia, irá fornecer-lhe alimentos líquidos, que ela vai ter que ingerir enquanto flutua na água.

A Maria vai começar o seu percurso em Dover, Reino Unido e terminá-la em Cap Gris Nez, na França.

Donativos em Portugal:

Se reside em Portugal, pode enviar os seus donativos para a nossa conta na CGD.

IBAN: PT50 0035 0229 00019178 930 10
BIC: CGDIPTPL